NOTÍCIAS
Impactos da reforma trabalhista na vida profissional dos médicos
A Assessoria Jurídica do Sindicato dos Médicos no Estado do Paraná (SIMEPAR) fez um minucioso levantamento sobre os impactos da reforma trabalhista na vida profissional dos médicos. A nova legislação trabalhista entrou em vigor no último sábado, 11 de novembro. Aprovada em julho último, a reforma altera mais 100 cláusulas da CLT.
Ler mais
 
FENAM orienta médicos sobre alterações na contribuição sindical
A Federação Nacional dos Médicos (FENAM) orienta os médicos de todo o país, que ao contrário que tem se noticiado as alterações da Reforma Trabalhista, em especial, os artigos 578 e seguintes da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), não extingue ou altera a obrigatoriedade da cobrança, do recolhimento e do repasse da contribuição sindical.
Ler mais
 
Assessores jurídicos do SIMEPAR publicam artigo sobre a contribuição sindical
Os assessores jurídicos do SIMEPAR Luiz Gustavo de Andrade e Ana Paula Pavelski publicaram artigo na Revista Eletrônica Reforma Trabalhista III, do Tribunal Regional do Trabalho da 9º Região, número 63, de novembro de 2007. No artigo REFLEXOS DA REFORMA TRABALHISTA NA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL: TRIBUTO QUE PERSISTE COM CARÁTER OBRIGATÓRIO, os advogados discorrem sobre a contribuição sindical devida pelos integrantes de categoriais profissionais e econômicas.
Ler mais
 
Ministro da Saúde protege planos de saúde e defende aumento maiores pata usuários com mais de 60 anos
O ministro da Saúde, Ricardo Barros em entrevista à Folha de São Paulo, ontem, 8, voltou a defender o reajuste do valor dos planos de saúde para usuários a partir dos 60 anos. "Segundo ele, os planos assumem um risco antecipado por uma coisa incerta". Um projeto que permite o reajuste deve ser votado em comissão especial da Câmara Federal no dia 29 de novembro.
Ler mais
 
ANMR realiza Congresso Nacional dos Médicos Residentes no Rio de Janeiro
A Associação Nacional de Médicos Residentes convida todos os Médicos Residentes e Médicos Jovens, para o 51º Congresso Nacional dos Médicos Residentes, que esse ano será realizado no Rio de Janeiro, nos dias 18 e 19 de novembro.
Ler mais
 
Edital de Convocação Assembleia Geral Extraordinária
O Sindicato dos Médicos no Estado do Paraná (SIMEPAR) está convocando para o dia 06 de novembro, ás 20 horas, em Curitiba, Assembleia Geral Extraordinária, que entre outros pontos irá discutir a anuência ou não dos empregados em relação aos preceitos da reforma trabalhista que autorizam negociação com o empregador para a flexibilização de direitos e condições de trabalho, seja negociação direta ou negociação coletiva.
Ler mais
 
Nota de Falecimento Dr Elie Lebbos
A diretoria do Sindicato dos Médicos no Estado do Paraná (SIMEPAR) registra a perda irreparável do médico e amigo, sócio deste sindicato, o cardiologista Elie Lebbos (CRM 5.147), ocorrida nesta segunda-feira (30) em Curitiba.
Ler mais
 
DIAP lança cartilha sobre Reforma Trabalhista
O DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) lançou uma cartilha sobre “A Reforma Trabalhista e seus reflexos sobre os trabalhadores e suas entidades representativas “.
Ler mais
 
SIMEPAR participa de mediação na Superintendência Regional do Trabalho
O diretor do Sindicato dos Médicos no Estado do Paraná, Brasil Vianna Neto representou o SIMEPAR na mesa de mediação coletiva de trabalho com representantes de entidades empregadoras, ocorrida na última sexta-feira, 20, em Curitiba, na sede da Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego no Estado do Paraná.
Ler mais
 
SIMEPAR é contra portaria do trabalho escravo
A diretoria do SIMEPAR repudia a Medida Provisória, editada pelo Ministério do Trabalho que altera a definição e a fiscalização contra o trabalho escavo no Brasil. Neste momento o SIMEPAR soma-se aos auditores fiscais do Trabalho, juízes, procuradores, organizações internacionais de trabalho e demais entidades sindicais contra mais essa medida do Governo que atende demandas de políticos em detrimento do trabalhador brasileiro, principalmente o mais humilde, que é resgatado pela fiscalização em situação análoga à escravidão, com jornadas excessivas, liberdade de locomoção restrita, coação.
Ler mais

1 2 3 11 46
Nome
Email
PARCEIROS


FILIADO A