VINTE E QUATRO DE AGOSTO
Entidades de profissionais liberais derrubam aumento do ISS.
Confirmada a retirada de pauta do aumento do ISS. Conforme o que prenunciou ontem o líder do governo na Câmara de Vereadores de Curitiba, vereador Pier Petruzziello, o Executivo Municipal retirou da pauta o projeto que aumentava imposto dos profissionais liberais.
SIMEPAR na greve dos Médicos de Colombo a mais de 70 dias.
O Sindicatos dos Médicos no Estado do Paraná obteve em 24 de julho uma liminar que suspende ato administrativo da Prefeitura que alterava as condições de trabalho dos Médicos de Colombo. Apesar de concursados em 2011 para o cargo de plantonistas com jornada em turno de plantão de 12 horas semanais, a Prefeitura alterou tal jornada de trabalho dos profissionais, aumentando-a para 20 horas semanais sem pagamento de horas-extras e sem qualquer aumento salarial. As tentativas de negociação com a Prefeitura falharam, dando ensejo a greve. Por isso, o Sindicato propôs uma Ação Civil Pública e o Juiz da Vara da Fazenda Pública de Colombo, Dr. Antonio Carvalho Filho deferiu a liminar para determinar que os médicos continuem realizando plantão de 12 horas. O juiz esclareceu que a Prefeitura deve respeitar o Edital do seu próprio concurso público. A greve continua pois outros pontos da pauta não foram atendidos.
Greve da FEAES
O SIMEPAR comunica aos usuários das UPAS, CAPS e hospitais atendidos pelos médicos contratados pela FEAES, que os mesmo em greve, para que não haja maiores prejuízos à população, a categoria assumiu o compromisso de manter 100% dos atendimentos nos casos de urgência e emergência e que a paralisação efetiva se dá em 60% dos atendimentos eletivos. A categoria decidiu, em assembleia realizada no dia 20, paralisar as atividade porque a FEAES se mostrou intransigente em negociar não somente o reajuste salarial, mais diversas reivindicações da categoria que afetam diretamente as condições de trabalho e consequentemente o atendimento a todos usuários.
Piso e Consulta FENAM tem novo valor neste ano
O Sindicato dos Médicos no Estado do Paraná (SIMEPAR) utiliza como referência em suas pautas o piso da FENAM para os profissionais médicos. Em 2017, o valor pleiteado é de R$ 13.847,93 para 20 horas semanais de trabalho. Quanto a consulta FENAM o SIMEPAR aprovou o piso de R$ 180,00. Para que consigamos implanta-los dependemos da cooperação e participação de todos os Médicos.
simepar.org.br /simepar simepar@simepar.org.br 41 3338-8713 Rua Col. Joaquim Sarmento, 177